Agência Minha Paróquia e CNBB: juntas pelo 51° Dia Mundial das Comunicações Sociais

Neste domingo (28) a Igreja e o mundo celebram o 51° Dia Mundial das Comunicações. O tema de 2017 é “Comunicar esperança e confiança no nosso tempo”, com inspiração no versículo 5 do capítulo 43 do livro de Isaías.

A data foi solicitada pelo Concílio Vaticano II quando a Igreja levou em consideração as profundas transformações da sociedade e os avanços tecnológicos em todos os setores, entendendo que não basta apenas a profissionalização e a competência técnica para o bom uso dos meios, mas compreender a evolução da comunicação nas suas diferentes expressões como linguagem, cultura e, sobretudo, como elemento articulador da sociedade.

O Decreto Inter Mirifica, em seu número 18, aponta:

“Para reforçar o variado apostolado da Igreja por intermédio dos meios de comunicação social, celebre-se anualmente, nas dioceses do mundo inteiro, um dia dedicado a ensinar aos fiéis seus deveres no que diz respeito aos meios de comunicação, a se orar pela causa e a recolher fundos para as iniciativas da Igreja nesse setor, segundo as necessidades do mundo católico”

Com a intenção de levar adiante a atenção-ação nesse importante setor da comunicação, o Papa Paulo VI criou, em 1964, através do documento In fructibus multis, a Pontifícia Comissão para as Comunicações Sociais, com o objetivo de coordenar e estimular a realização das propostas dos Padres Conciliares. Após receber o parecer dos presidentes das Comissões Episcopais, foi criado o Dia Mundial das Comunicações Sociais, em 1966, com a aprovação do Sumo Pontífice. No dia 7 de maio de 1967 foi celebrado pela primeira vez o Dia Mundial das Comunicações Sociais, comemorado sempre no domingo da Ascensão.

Com muito carinho e dedicação, a CNBB, em parceria com a Agência Minha Paróquia, lançaram em uma ação especial para o 51º Dia Mundial das Comunicações Sociais, um portal de acesso à íntegra da mensagem papal para a data. Nela, o Papa Francisco convida os cristãos a “espalhar a boa notícia pelo mundo”.

Gostaria, pois, de dar a minha contribuição para a busca dum estilo comunicador aberto e criativo, que não se prontifique a conceder papel de protagonista ao mal, mas procure evidenciar as possíveis soluções, inspirando uma abordagem propositiva e responsável nas pessoas a quem se comunica a notícia. A todos queria convidar a oferecer aos homens e mulheres do nosso tempo relatos permeados pela lógica da «boa notícia».

 

Quer ler a mensagem completa? É fácil. Acesse o site Mensagem do Papa. Você também pode visualizar o texto através de um tablet ou smartphone pelo aplicativo Banca Católica, disponível para as plataformas Android e IOS.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *