Aplicativo desenvolvido pela agência Minha Paróquia é destaque nacional

O aplicativo da Catedral Divino Espírito Santo, desenvolvido pela agência Minha Paróquia, foi destaque no G1 de Tocantins e também no JA 1ª edição, da TV Anhanguera, afiliada da Rede Globo. A Catedral de Palmas foi a primeira Igreja do estado a lançar um aplicativo. Nós agradecer a confiança e sentimos orgulho por fazer parte desse projeto.

Leia a íntegra da reportagem publicada pela Globo:

Igrejas estão usando as redes sociais não só para atrair, mas também para se aproximar de fiéis em Palmas. A Catedral Divino Espírito Santo, na capital foi a primeira paróquia a criar um aplicativo para informar serviços e disponibilizar conteúdo. Já o Santuário da cidade oferece pílulas informativas via Snapchat, com vídeos que duram segundos.

As informações sobre a Catedral também estão disponíveis em uma página no Facebook e em um canal no Youtube. Segundo, o pároco da igreja, padre Eduardo Zanom, fazer uso de diversas plataformas é uma maneira de estabelecer o diálogo com a cultura na qual estamos inseridos.

O Vaticano é especialista nisso. Foi um dos primeiros a ter rádio, um centro televisivo. Hoje existe o twitter do Papa, que passa mensagens via redes sociais. De certa maneira a gente se espelha no Papa Francisco, nessa igreja que vai ao encontro, que evangeliza e tem diálogo com a cultura moderna”, afirma.

Através das diversas plataformas, são oferecidas informações como horários de missas, atendimento do padre, funcionamento da Secretaria Paroquial, fotos e vídeos de eventos, agenda paroquial, além do “Minuto do Evangelho“, uma reflexão diária sobre a mensagem bíblica, conteúdo de maior procura por parte dos fiéis, segundo o padre.

Aplicativo

Como maneira de estabelecer um contato ainda mais direto e garantir que os fiéis tenham acesso ao conteúdo da igreja, a Catedral lançou um aplicativo gratuito para smartphones e tablets. “A mensagem é enviada antes das pessoas saírem de casa, quando elas preferem fazer a oração, para iniciar bem o dia”, explica o padre.

“As pessoas têm muito mais acesso ao celular do que ao próprio site. Nas redes sociais, dependo do momento que a notícia é postada, as pessoas não veem. No caso dos e-mails, muitos param nas caixas de spam. Através dos posts dos aplicativos é possível ter uma segurança maior de que as pessoas vão ter acesso a programação ou ao menos vão notar que existe uma informação a ser consultada”, defende o padre.

De acordo com o padre, a ideia do aplicativo surgiu depois que ele viu uma criança de 10 anos fotografando as informações dadas na catequese, ao invés de anotar no caderno. “Alí percebi que o celular já estava sendo manuseado pelas crianças e através de ferramentas poderia usá-lo para a evangelização delas também.”

Conectados

Para o padre, o resultado das ações via rede sociais e aplicativos é notório. “Quando atrasa um pouquinho as pessoas já escrevem pedindo. No Facebook, nós temos mais de 1 mil vizualiações por dia. Mas é através dos grupos de Whastapp que a gente tem uma maior divulgação. Temos uma lista de transmissão conectada há quase 1 mil pessoas. Temos mais de 30 grupos que postam a mensagem. Não temos um controle diário de quantos alcançamos, mas sem dúvidas a mensagem chega a mais de 5 mil diariamente”, afirma.

A fiel Anna Carolina Cassoli, de 35 anos usa o aplicativo e concorda com o Padre. “Ficou muito mais fácil ter acesso as informações porque o conteúdo está em um só lugar.”

Santuário

O Santuário Nossa Senhora de Fátima, em Palmas também utiliza as redes sociais como forma de aproximação junto aos fiéis. Além de um perfil no Instagram, existe o uso de postagens de vídeos curtos via Snapchat.

“A nossa opção pelas redes sociais, incluindo o Snap, que hoje sabemos que está em alta, principalmente pelos jovens, foi uma forma que encontramos de evangelizar, aproximando os fiéis da igreja, não só os nossos paroquianos como também de outras paróquias”, explica a jovem Renata Campos Leal, de 30 anos, responsável por postar os vídeos no Snap.

De acordo com Renata, a informações oferecidas na rede vão desdes avisos dos horários das celebrações, adoração, festejos, eventos. “Pelo Snap postamos também a Palavra de Deus, basta um clique e em 10 segundos podemos levar a mensagem dele”, afirma.

***

Clique aqui e confira a reportagem transmitida pelo JA 1ª edição.

Gostou da iniciativa da Catedral de Palmas? A tecnologia pode ser uma grande aliada na evangelização. Para saber mais sobre aplicativos e outros serviços oferecidos pela agência Minha Paróquia, fale com a gente.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *